Talentos

O DOUTOR

Ele era um menino muito pobre
Que veio das bandas de Miracatu;
Tinha muita fome, estava azul,
Mas no peito, um coração nobre.

Poucas roupas para usar,
Na carteira, cinquenta reais;
Em seus sonhos, queria mais:
Na capital, poder estudar.

“Quem és?” pergunta a professorinha.
“Deves ser o menino do interior;
Só vem burro para essa escolinha”.

O menino foi à luta e se formou,
Não deu ouvidos à professorinha;
Fez mestrado, leciona, é doutor.

Compartilhe essa obra

Share Share Share Share
Inspiração

Assisti uma palestra onde o orador contou suas histórias de vida para conseguir alcançar o seu reconhecido nacional. Dentre elas, esta foi a que mais me chamou a atenção.

Sobre a obra

Usei o soneto como um desafio para mim mesmo. Queria contar a história do palestrante utilizando apenas as quatro estrofes fixas.

Sobre o autor

Sou um amante da arte em todas as formas que ela se propõe. Participo do Talentos FENAE desde 2013 e não pretendo parar tão cedo, pois este concurso anual tem me inspirado cada vez mais a aprofundar meus conhecimentos na arte que abraço, e assim poder divulgá-la para todo o Brasil.

Autor(a): FRANCISCO ALENILSON GIRARD DA SILVA (Alê)

APCEF/PA