Talentos

FIQUEM EM CASA

Acordei com o interfone, o porteiro que chamou
Já tomei o meu café, a doméstica caprichou
Recebi o jornal cedo, o jornaleiro já chegou
Separei a correspondência, o carteiro que entregou.

Levei o carro até o posto, o frentista abasteceu
Fui ao supermercado, o gerente me saudou
Escolhi as minhas compras, o caixa registrou
Dei gorjeta ao embalador, ele me agradeceu.

Já cheguei ao meu trabalho, o segurança abriu a porta
A copeira fez o café, a faxina estava pronta
Está perfeito o meu dia, isso é o que me importa.

Apesar da quarentena, não me preocupo com nada
Já chegou o fim do mês, meu salário está na conta
Eu apoio quando dizem pra ficar todos em casa.

Compartilhe essa obra

Share Share Share Share
Inspiração

Minha inspiração adveio do período de isolamento, onde refleti sobre todos os tipos de “fiquem em casa” e seus respectivos protagonistas.

Sobre a obra

Preferi o soneto para apresentar esta obra. Gosto de sua sonoridade e, principalmente, do desafio em escrever dentro dos limites estabelecidos.

Sobre o autor

Sou um amante da arte em todas as formas que ela se propõe. Participo do Talentos FENAE desde 2013 e não pretendo parar tão cedo, pois este concurso anual tem me inspirado cada vez mais a aprofundar meus conhecimentos na arte que abraço, e assim poder divulgá-la para todo o Brasil.

Autor(a): FRANCISCO ALENILSON GIRARD DA SILVA (Alê)

APCEF/PA