Talentos

Tudo faz parte do plano

‘’Pare um pouco e veja o céu! Conquiste tudo o que quiser, seja sempre humilde e com muita fé, pois tudo o que você passou, as provas que você lutou, estava escrito, já fazia parte do plano do criador’’

Ela acordava, olhava pro relógio e eram altas horas, olhava atentamente pro seu esposo cansado, ele quase que em coma no sono pesado.
Ela tomava duas doses antes de sair de casa, só assim pra aguentar aquela noitada. Baton vermelho, saia e blusinha colada.
Era difícil entender? tanta traição? Sempre em tentação?
Ela já beirando a vida adulta. Acho que 18 anos, formando a mente que nem gente traçando caminhos eloquentes.
Tudo conspirando para que ela fosse uma pessoa boa. família, marido, e quem sabe o sonho até de ser uma boa professora.
Mas vai entender, quando mentalmente estamos bagunçados, objetivos errados são tomados
Ela queria mais, ganhar demais, se arriscar demais, nem mesmo o marido não a reconhecia mais.
- Pra onde ela vai todas a noites? Que dinheiro é esse em cima da bancada? seria eu uma pessoa enganada?
Todas a noites eram valores diferentes, antes eram 30, 50 e as vezes até 60, não importava o quanto era, ela só queria mais um lucro na noite da esquina de guerra...

‘’Pare um pouco e veja o céu! Conquiste tudo o que quiser, seja sempre humilde e com muita fé, pois tudo o que você passou, as provas que você lutou, estava escrito, já fazia parte do plano do criador’’

Chegando em casa viu sua primeira decepção, era seu marido com um papel na mão!
- Quero divorcio não aguento mais essa situação.
- Por favor não vá, preciso te fazer uma confissão, estou gravida e não quero fazer parte dessa criação.
- Tudo bem eu fico, mas esse filho não vou assumi-lo, tudo o que eu fiz foi sempre está ao seu lado e mesmo assim, não fui valorizado. Só te peço não aborte, nós vamos doa-lo.
9 meses se passaram e o menino nasceu, mesmo tomando remédio pra tira-lo, a tentava veio falho, pois já estava escrito que aquele menino ia ser concebido.
Ela decide abandonar o menino no lixo perto do hospital, que decisão banal. Por que ser radical?
- Hey não faça isso, eu quero esse menino, deixe eu adota-lo somos pais casados e te prometo ama-lo.
Ela viu a senhora com o olhar meigo e sentiu que aquelas palavras eram de coração e assim decidiu entregar a criança em suas mão.

27 anos se passaram hoje estou grato, fui adotado, fui amado tenho carinho da minha mãe e dos meus irmãos, fui salvo de uma noite que a mortes talvez teria ganhado.
Hoje sou adulto graduado, só tenho a agradecer pela noite em que fui salvo. A moça, soube que foi reabilitada, mas nunca encontrada.
Só tenho a agradecer a minha mãe pela adoção, pela criação, pela dedicação, e a aquela moça, sempre estará em minha oração.

‘’Pare um pouco e veja o céu! Conquiste tudo o que quiser, seja sempre humilde e com muita fé, pois tudo o que você passou, as provas que você lutou, estava escrito, já fazia parte do plano do criador’’

Compartilhe essa obra

Share Share Share Share Share
Inspiração

Essa é a historia é baseada na vida do meu esposo, onde ele foi o menino que foi salvo e adotado pela sua mãe ( minha sogra ). é uma historia 100% verifica. Essa historia é linda e prova que o amor a primeira vista realmente existe.

Sobre a obra

Esse conto, é sobre uma mãe que infelizmente cometia o ato da prostituição, e acabou tendo um menino como fruto desse ato, desestruturada mentalmente a mãe tenta aborta-lo duas vezes porém não obteve sucesso, quando o menino nasceu ela resolve abandona-lo na porta de um hospital, quando algo inesperado acontece...

Sobre o autor

olá, Me chamo Rommenigg,
gosto muito de apreciar cada detalhe da vida, gosto de agradecer todos os dias por mais um dia de vida, é incrível o como nossa rotina melhora 100% quando reparamos mais nas alegria do dia a dia, do que na tristeza, problemas sempre vão existir, só não devemos nos entregarmos a eles.

Autor(a): ROMMENIGG MERCES FARIAS (o Menino que foi salvo)

APCEF/AP


Essa obra já recebeu votos de 2 pessoas

Essa obra já recebeu 10 votos (com peso)