Talentos

Amigo Leal

Amigo Leal
Era uma vez um cachorro muito manso que se chamava Leal.

Leal queria ser amigo de todos os bichos, até mesmo dos gatos.

Os colegas de Leal estranhava essa atitude dele, e sempre lhe dizia:

“- Não confie em outros que não são da sua raça!”
“- Não confie nos gatos! Eles são traiçoeiros!”
“- Você só está perdendo tempo!”
“- Você tem que morder eles!”
“- Eles não prestam!”

Contudo, ao ouvir isso Leal pensava: “Eu não sou assim! Por que tem que ser dessa forma? Por quê? Por quê? Eu não vou fazer isso! Eu não sou assim”.

Algo dentro de Leal dizia que as coisas poderiam ser diferentes do que o mundo dos cachorros o fazia acreditar. Mas, todas as vezes que tentava se aproximar, os gatos fugiam.

Depois de muitas tentativas frustradas, Leal começara a perder as esperanças. E por fim, começou a acreditar que seus colegas tinham razão. Porém, em um belo dia, enquanto passeava pelo bosque, algo inusitado aconteceu!

Naquele bosque, existia um velho gato que costumava fazer uma caminhada, todos os dias, ao final da tarde, para ver o pôr do sol.

Quando Leal o avistou, correu em sua direção! E para sua
surpresa, aquele gato teve uma atitude inesperada. Ele não se espichou! Não rosnou! Não o ameaçou! E não fugiu. Pelo contrário, continuou a caminhar todo fasceiro como se Leal ali não estivesse.

Leal então pulou na sua frente, interrompendo sua caminhada, e perguntou: - Você não vai fugir?

O gato respondeu: - Não, porque eu fugiria?

Leal disse: - Mas, isso não é normal. Todas as vezes que eu me aproximar dos gatos, antes mesmo de eu falar algo, eles fogem! Eles tentam me arranhar e me morder!

O velho gato respondeu: - Eu não sou assim meu jovem. Aprenda que todos somos iguais. E em nada somos superiores aos outros. Como morre um, assim morre o outro. Procure amar o seu próximo independente da cor, raça ou nacionalidade. Serás mais feliz se assim o fizer. E terás muito mais amigos verdadeiros por essa atitude.

Leal, maravilhado com as palavras do sábio gato, disse : - Eu quero ser assim! Será que podemos ser amigos?

O sábio gato respondeu: - Mas é claro meu jovem!

Leal então perguntou: - Qual o seu nome?

O gato respondeu: Sabedoria. Esse é o meu nome.

Daquele dia em diante surgiu uma grade amizade. Leal e Sabedoria nunca mais se afastaram. Porque, quem é Leal aprendeu com Sabedoria!

Compartilhe essa obra

Share Share Share Share
Inspiração

Minha inspiração sempre vem da minha filha Lauanny!

Sobre a obra

A intenção da crônica é fazer o leitor entender que todos somos iguais. E que precisamos amar o próximo independente de qualquer coisa. E que ser um amigo leal é agir com sabedoria!

Sobre o autor

Sou apenas um aventureiro na literatura.

Autor(a): JOSE CARLOS LEITE SILVA (Carlos Leite)

APCEF/AL

Obra não está disponível para votação.