Talentos

Hibiscus

És sem pudor
És sedução
Pedes atenção
Da alma, dos sentidos
Turva o olhar
Embebeda os passos
Tropeça o caminho

Náusea
Uma pausa

Que profanação
Oh, ser divino!

Compartilhe essa obra

Share Share Share Share
Inspiração

Esta poesia foi concebida com base em uma fotografia despretensiosa de uma belíssima flor em um jardim. Mas, ela expressa muito mais que a natureza em si, podendo ser compreendida em outros contextos.

Sobre a obra

Poesia com rimas imperfeitas, metáforas, antítese, assonância.

Sobre o autor

Entusiasta da poesia e fotografia, criei um projeto no Instagram (@camolezieiras) no qual me dedico diariamente a fotografar aquilo que instiga, fascina, alegra, diverte, sensibiliza e tem importância em minha vida.

Autor(a): JESSICA CAMOLEZI EIRAS (Jéssica Camolezi Eiras)

APCEF/SP