Talentos

SUBLIME MELANCOLIA

Sublime melancolia.

Solidão, fiel companheira
Jamais me deixa sozinho
Por esta vida arteira
Leva-me neste caminho

Depressão, violenta e medonha
É um bálsamo para a alma
Carrega consigo a vergonha
Por isso que me acalma!

Paixão, deixa o peito vazio
Dilacerado em prantos
Com ar submisso e frio
Mesmo assim, me encanto!

Ilusão, trás saudades de mim
Não sei onde estou
A vida é um jardim
Procuro saber quem sou!

Compartilhe essa obra

Share Share Share Share
Inspiração

A obra fora concebida em momento de inspiração-meditação em conversa com o meu ego.

Sobre a obra

Monólogo com a alma, passa a ser diálogo, Conversando consigo mesmo, descobrimo algo que não sabíamos ter!

Sobre o autor

Escrever e desenhar uma história particular, e a cada dia, escrevemos várias histórias!

Autor(a): JOSE DE ARIMATEA LAFAYETTE SOUZA ()

APCEF/AL