Talentos

Super Herói

Sendo eu, um super herói,
O meu poder seria
Não poder mais
Esperar

Minha identidade secreta
Seria uma mistura
De cinismo com esperança
Para confundir os adversários.

E, diante de qualquer
Eventualidade,
Utilizaria alguns truques
De meu cinto
De inutilidades.

Compartilhe

Inspiração

É uma visão bem humorada do universo clássico, clichê, de super heróis.

Sobre a obra

Não tenho nenhuma técnica, para ser sincero.
Procuro fazer rimas, é claro, e também jogar com contradições, com o som das palavras, repetição dos sons delas.
E evito escrever muitas palavras na mesma linha. Sinal desses tempos de mídia digitais e redes sociais, onde há muita informação e poucos se detêm, por muito tempo, em algo.

Sobre o autor

Gosto de letras de música. Até das pobres de conteúdo, como as do sertanejo atual. Acredito que todos têm algo a dizer, por mais idiota que seja.
Minhas referências, em se tratando de poesia, são os compositores: Cazuza, Renato Russo, Raul Seixas, Arnaldo Antunes, Nando Reis, Flávio Venturini, Beto Guedes, Edgard Scandurra, entre tantos outros.

Autor(a): REGIS LEONARDO SERPA (Régis L. Serpa)

APCEF/SP