Talentos

Valsar



Em contradição,
me senti liberto
preso em seus braços,
Me entusiasmei,
e marquei com passos
todos os compassos.
É que eu sentia
tudo o que queria
numa simples dança.
E nem reparava,
que ninguém dançava,
só nós dois dançando.
Teve assim início
o valsar mais lindo
que já existiu.
E não era festa,
não tinha orquestra,
nem tinha salão.
Nessa fantasia,
nem musica havia,
não era preciso.
Para valsar
só é necessário que haja um par.

Compartilhe essa obra

Share Share Share Share
Inspiração

Valsar é mais uma canção que cansou de ficar nas gavetas. Exibida que é, quer se mostrar. Compus quando tinha vinte e poucos anos e agora, trinta anos depois, Valsar ganhou uma roupa nova e quer se mostrar bela, suave. Nunca fui um bom dançarino e achava o dançar, algo mágico. Num desses delírios, imaginei uma dança, em que tudo era irreal.

Sobre a obra

Valsar nasceu de um delírio e de uma admiração, pela dança. O meu lado batuqueiro, não me permitiu criar uma valsa verdadeira, mas me permitiu fazer num samba, uma dança bela e suave.

Sobre o autor

Além de gostar de escrever, sou batuqueiro, compositor e, tenho me dedicado a aprender coisas novas ligadas à arte e a cultura. Faço aulas de canto, cursos de Edição de vídeos e comecei a estudar técnicas de desenho livre. Enfim, é isso que me move, que me realiza.
E foi o Talentos FENAE com certeza, que me fez retomar esse caminho

Co-Autor(es)

JULIO AFONSO SILVA LUCCHESI | APCEF/RJ

Intérpretes

JULIO AFONSO SILVA LUCCHESI | APCEF/RJ

Integrantes
Autor(a): JULIO AFONSO SILVA LUCCHESI (Julio Lucchesi)

APCEF/RJ