Talentos

Dívida de Vida

Dívida de Vida


Eu nasci nú,
careca e sem dente
Vou morrer só,
não vou levar nada, nada

Me cobriram de pano
me deram uma lei,
mas isso é um engano
eu não pedi, nada nada.

Minha mãe me disse
Filho cê tem que ganhar
Muito dinheiro
pra poder pagar, essa...

Dívida de Vida
Dívida de Vida
Dívida de Vida
De Vida...

Quero leite de peito
Que é pra me fartar,
E eu quero respeito
não preciso pagar

pra matar minha fome
pra morar num lugar,
o planeta tem dono
e tenho que pagar

Pra manter o sistema
fazer tudo girar
vamos ter que pagar, essa...

Compartilhe

Inspiração

A inversão de valores da sociedade atual, o consumismo excessivo, a desvalorização da natureza, a supervalorização do ‘ter’ sobre o ‘ser’ ou ‘fazer’, são reflexos de uma “loucura coletiva” e devem ser trazidos à luz da consciência de uma forma apolítica, imparcial e bem humorada a fim de provocar o pensamento crítico no maior número de pessoas.

Sobre a obra

Na época dessa gravação eu morava no estúdio, literalmente, o colchão ficava ao lado da bateria. foi o maior barato.

Então sempre recebia amigos e gravamos os mais diversos sons.

Tem um pouco de tudo nessa gravação, muitos amigos e claro, um pouquinho de tecnologia.

Sobre o autor

Atualmente trabalho na Universidade CAIXA com a gestão dos portais de educação, tenho um Home Studio de criação Multimídia, chamado Arte Livre, onde criamos sites, aplicativos, vídeo-clipes e claro, muuuuita Música o/

Co-Autor(es)
Intérpretes

01293799130 | MURILO TIMO NETO | APCEF/DF

Integrantes
Autor(a): MURILO TIMO NETO

APCEF/DF