Talentos

Ela

ELA (a Paixão)

UM DIA, ELA CHEGA EM SUA VIDA,
IMPETUOSA COMO UMA GRANDE ONDA
DEVASTADORA COMO QUALQUER DESASTRE NATURAL,
NATURALMENTE.

E ENTÃO...

A BRISA PREVISÍVEL QUE OUTRORA SOPRAVA,
NA SUPERFÍCIE DE TEDIOSA CALMARIA,
TORNA - SE EM TEMIDO FURACÃO
A NAUFRAGAR A PAZ DE OUTRO DIA.

O CHÃO TREMENDO DEBAIXO DE SEUS PÉS,
FAZ LENTAMENTE RUIR SEUS ALICERCES.
QUAL CONDENADO A CAMINHO DAS GALÉS,
VOCÊ SE TORNA UM CÉTICO DAS PRECES.

NA DESESPERANÇA DE ALGUMA SALVAÇÃO,
VOCÊ SE ENTREGA A UM CRUEL DESTINO.
NA DEPENDÊNCIA TÁCITA DE MENINO,
NA EMERGENTE FALTA DE AÇÃO.

MAS...

QUÃO VIGOROSA A ONDE QUE TE COBRE,
E O DESASTRE NATURAL QUE TE EDIFICA.
O FURACÃO QUE TE DEIXARIA POBRE,
FAZ EMERGIR UMA EXISTÊNCIA RICA.

ESTE TREMOR QUE TE LEVA ATÉ O CHÃO,
E FAZ RUIR TEU SEGURO PENSAMENTO,
REVELA O INÚTIL DOMÍNIO DA RAZÃO,
E A DELÍCIA DE VIVER UM SENTIMENTO.

UM DIA, ELA CHEGA EM SUA VIDA,
IMPETUOSA, DEVASTADORA E CRUEL,
MAS ESTE FIM QUE ELA CAUSA É A PARTIDA,
DE UM CAMINHO DE DELÍCIAS PARA O CÉU.


Compartilhe essa obra

Share Share Share Share
Inspiração

A Paixão como um sentimento. Nâo importa a idade, a cultura, a personalidade de alguém, quando se está apaixonado tornamo-nos crianças que sonham, suspiram, querem estar junto, perto da pessoa amada. É um sentimento que rejuvenece, dá vida, ciúmes, e nos faz sentir mais vivos que nunca. Parece ruim a princípio, mas não é, se for correspondido.

Sobre a obra

Sou extremamente musical, por isto sempre opto por rimas em meus trabalhos, e uma metrica que encaixe no tempo. NEste trabalho, entretanto, procurei fugir de formas fechadas e clássicas, adicionando elementos livres de métrica e alguns trechos soltos, sem preocupação estrutural.

Sobre o autor

Um amante das artes em geral, pois é o meio onde converso com meu interior e me expresso.

Autor(a): PAULO SERGIO SOUZA AZEVEDO (Paulo Azevedo)

APCEF/MS

Obra não está disponível para votação.